Perfil do Professor

Qual é o Perfil do professor?

Em:

Talvez você ja tenha se perguntado. Qual é o perfil do professor? Eles são parecidos com o meu perfil? Vivemos em um mundo muito diferente? Pensando nisso resolvermos ir em busca da resposta e resolvemos realizar nossa própria pesquisa. É claro que aqui nada é 100% de certeza pois o número de amostras coletadas é muito menor do que o número total de professores no Brasil, mas já podemos ter uma ideia.

Esta pesquisa foi realizada entre os dia 5 e 10 de outubro de 2017 utilizando o Google Forms (link do formulário) como ferramenta e foram mais de 1800 participantes de todo o país. O convite para participar foi feito através de grupos no facebook ou seja, podemos ver que os professores que responderam esta pesquisa estão ativos nas redes sociais. Se preferir você pode conferir todas as respostas na integra clicando aqui.

E ai, ficou curioso para saber o resultado? Vamos então as principais respostas.

Qual é o seu principal objetivo?

Esta é uma pergunta muito abrangente e tivemos inúmeras respostas, tanto pessoais como profissionais. Confira abaixo as respostas mais comuns a esta pergunta.

— Oferecer a criança a oportunidades e experiencia que ela não tem em casa;

— Despertar o conhecimento em meus alunos;

— Ver os vencedores do amanhã, pessoas, cidadãos de bem que um dia olharão para mim e dirão: “Esse cara fez parte da minha vida”;

— Transformação da sociedade;

— Trazer atualidades aos alunos e experiencia;

— Transferir bons conhecimentos aos meus alunos;

— Tornar meus alunos pessoas melhores;

— Tornar as aulas mais divertidas para incentivar a aprendizagem dos alunos.

Muitos professores citaram o termo ter reconhecimento, isso pode ser um reflexo dos dados que vamos mostrar mais abaixo. Mas também alguns professores citaram que desejam sair da educação e seguir em outras áreas totalmente distintas. Será que estes professores estão cansados e desmotivados? Outros professores também sonham alto. Eles querem realizar seus sonhos pessoais, fazer mestrado, doutorado, se tornar coordenador ou diretor entre tantos outros. Um pequeno grupo também sonham em empreender e desejam ter a sua própria escola.

E é claro, não poderíamos deixar de citar isto: muitos professores desejam ser um ótimo profissional e acima de tudo ser felizes. Talvez entre mais de 1800 respostas a que mais me chamou a atenção foi esta – Passar uma mensagem de esperança pela educação. Em uma simples analise, a grande maioria esta comprometida com a educação e desejam formar cidadãos de bem e que suas atitudes mudem a sociedade para melhor.

Quais são os seus desafios?

Bom, todo mundo tem desafios para superar, eu você, não importa quem seja. Os desafios fazem parte do nosso dia a dia. Vejamos os principais desafios citados pelos professores:

— Burocracias no âmbito escolar;

— Alunos com pouca vontade e desmotivados;

— Salas lotadas;

— Políticas Publicas;

— Auto custo de novos cursos acadêmicos como mestrado;

— Falta de material didático;

— Falta de apoio;

— Infraestrutura na escola;

— Falta de qualidade nos materiais didáticos fornecidos pelos governos;

— Tempo (Repete inúmeras vezes);

— Dificuldades financeiras relacionadas ao baixo salário

Alguns professores também citaram que a frustração e o desgaste psicológico é tão constante que alegaram estar com depressão. Pessoal Depressão é coisa séria, se você esta se sentindo assim procure ajuda o quanto antes.

Outra palavra que repetiu inúmeras vezes é “Oportunidade”. Oportunidade de estudar mais, de tempo. Podemos ver que os desafios estão presentes em todas as partes da escola, não é só livros, não é só alunos. É basicamente tudo! O que podemos fazer para mudar isso? Quem sabe seja reformular toda a educação, não só na metodologia e livros, mas desde a motivação dos professores até a folha de papel.

Perfil do Professor:

Como os professores avaliam a sua própria escola

O que deixa você mais irritado em sala de aula?

Sendo bem sincero com você? Esta pergunta não foi tão surpreendente nas respostas. Olhando essas respostas parece até que os professores combinaram, mas não foi nada combinado! O fato é que estamos com problemas sérios em sala de aula. Muitos professores, se não a sua maioria, alegaram a falta de educaçãodesrespeito e o desinteresse como principal fonte de irritação. Afinal, o que esta acontecendo? Nós estamos com alunos mais rebeldes? Os professores perderam o seu papel de ensinar? Enfim, este é um assunto muito complicado de ser tratado, mas precisamos falar. É preciso mudar com urgência isso!

Lembra que muitos professores na primeira pergunta falaram que estão desmotivados.

Então imagine, a falta de apoio dos pais no ensino da criança somando com desrespeito entre tantos outros fatores. Isso só leva a qualidade de ensino para baixo. Como podemos mudar? Mudando a forma como os pais, os alunos e toda a sociedade vêem a escola. Não é com brigas e nem com protestos mas sim entendendo o porque aquele aluno esta agindo desta forma. Muitos alunos ‘mal educados’ tem sérios problemas na sua família, e a maneira como ele age pode ser um reflexo disso. Por isso, antes de se irritar quando um aluno age com falta de educação, tente entender o porque ele age desta forma.

Não adianta, quanto mais evitarmos isso, pior vai ficar. Aproveito e convido você a conferir as respostas abaixo e também a ler estes dois posts   Como lidar com o aluno rebelde em sala de aula e  TDAH: modismo ou realidade? 

Vamos lembrar que nossa pesquisa não é 100% a realidade Brasileira, pois o número de amostras é muito pouco se compararmos com todos os professores existentes no país. Qual é o perfil do professor? A resposta é: em sua maioria, os professores estão cansados e desmotivados por diversos fatores. Tem entre 25 e 45 anos, possuem nível de pós graduação e trabalham no ensino fundamental e ensino médio.

O que podemos mudar de imediato na educação é propor debates entre professores, pais e escola, para entender quais são os seus problemas reais. Estes debates podem ser feitos em sua própria escola, em reuniões, encontros, entre outros, pois só com diálogo vamos entender o real problema que cada escola tem e ajudar a melhorar a educação. E você, tem algo mais a dizer? Deixe ai nos comentários 🙂 Nesta mesma pesquisa nós tivemos mais respostas para outras perguntas. Fique atento neste blog que em breve iremos publica-las.

 

Assine o Super Ligados

Receba conteúdo exclusivo sobre educação em seu email.
É grátis e sempre será.

Todos os campos são obrigatórios.
Ao criar uma conta você aceita os termos de uso do Super Ligados.
Seus dados estão seguros conosco.

Deixe seu comentário

Atenção: Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não representam, necessariamente, a opinião do Super Ligados.

Leve a magia do Super Ligados para sua escola!

Crie agora mesmo uma conta, é simples e grátis!