dicas de como fazer os seus alunos participarem das suas atividades

5 dicas de como fazer os seus alunos participarem das suas atividades

Em:

Por mais importante que seja o tempo de estudo em casa é em sala de aula que a esmagadora maioria dos conteúdos essenciais é aprendido. Por isso, criar um ambiente lúdico em que haja troca de conhecimentos e envolvimento de todos é fundamental.

Já falamos aqui sobre as mais diversas dificuldades enfrentadas pelos professores no exercício da profissão e, com certeza, fazer os alunos participarem das atividades em sala é um dos maiores. Sem atenção fica mais difícil aprender os conteúdos. isso sem contar que, basta um aluno disperso para acabar com a concentração de toda a turma.

Eu lembro dos meus pais contando que ‘no tempo deles’, ninguém conversava em sala e o professor tinha autoridade inclusive para aplicar castigos físicos a quem atrapalhasse as aulas. O tempo mudou e hoje o conhecimento não é mais unilateral, passado apenas do professor para os alunos, mas é compartilhado entre todos os indivíduos da comunidade escolar.

1. Dê importância às opiniões

E o ponto de compartilhar conhecimentos é o inicial para garantir a participação da classe. mostre que todas as opiniões são importantes na discussão e serão ouvidas. Fomente as discussões em sala de aula e deixe que seus alunos se ponha contra, a favor ou indiferente ao assunto, explicando o porquê.

Desta forma, você mostra a eles que sempre haverão pensamentos diferentes dos deles – que eles podem não concordar, mas que precisam ser respeitados. A diversidade de ideias também serve para mostrar que ninguém é ‘dono da verdade’. Deixe claro também que mudar de opinião ou concordar com um ponto de vista diferente não é um problema, mas mostra a capacidade de entender o outro.

2. Estimule as habilidades

Dentro da sala de aula existem diversas personalidades e talentos aprendendo o mesmo assunto lado-a-lado. Pense em atividades que possam ser lúdicas para a turma, que gerem novos conhecimentos, mas que também despertem interesse.

Por exemplo: utilize alunos que tocam ou cantam e faça atividades com música; Proponha o desenvolvimento de textos específicos ou poesias; Proponha atividades como encenação, monólogos, danças e atividades artísticas. Além se serem muito atrativas, estas atividades podem gerar interesse em aprender ou melhorar as habilidades de cada um.

3. Aplicação na prática

É difícil para qualquer um se esforçar para fazer algo quando não se sabe ou não se entende o propósito. Deixe claro, no início da atividade ou da nova lição, para quê ela serve na vida real e, se possível, traga essa aplicação para dentro da sala de aula. Vai ficar mais fácil fazê-los entender o conteúdo já que eles verão o seu uso diário.

4. Ponto pra que te quero!

A competitividade é algo natural ao ser humano e você pode usar isso em sala de aula em favor da educação. Não estamos falando em transformar a aula num grande campo de batalha, mas se usar esse instinto para fazer com que eles participem das atividades.

Divida a turma em grupos e utilize perguntas e respostas sobre o conteúdo estudado. Utilize a atividade como caráter avaliativo para acirrar ainda mais a disputa e garantir o envolvimento de todos. Ninguém vai querer perder e, para não perder, é necessário estudar o assunto para saber as respostas. 

Mas cuidado! Sempre há aqueles alunos que se destacam mais em algumas disciplinas que outros. Cuide para que os grupos sejam bem variados para não tornar a disputa desleal. Aproveite para quebrar as ‘panelinhas’, aqueles grupos de alunos que estão sempre juntos, e misture-os com os demais. Para que todo mundo tenha que participar, não permita que um mesmo aluno responda tudo, mas faça um rodízio entre eles.

5. Saia da mesmice

Procure sempre inovar nas tarefas propostas. Usar vários métodos educacionais torna a sua aula mais atrativa e, consequentemente, mais interessante para os alunos. Busque mesclar os tipos de atividades que são realizadas em sala. Por exemplo: seminários, resolução de tarefas no quadro usando a classe toda, debates, jogos, provas orais, textos de produção rápida, pesquisas em grupo, produção de cartazes..

Enfim, há muitas maneiras de realizar uma mesma atividade, dependendo claro do foco e do tempo que a turma dispõe para isso. Procure por ideias na internet ou converse com os demais professores. Quem sabe é possível aplicar uma tarefa multidisciplinar e tornar o processo de aprendizado ainda mais abrangente.

Assine o Super Ligados

Receba conteúdo exclusivo sobre educação em seu email.
É grátis e sempre será.

Todos os campos são obrigatórios.
Ao criar uma conta você aceita os termos de uso do Super Ligados.
Seus dados estão seguros conosco.

Deixe seu comentário

Atenção: Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não representam, necessariamente, a opinião do Super Ligados.

Leve a magia do Super Ligados para sua escola!

Crie agora mesmo uma conta, é simples e grátis!